Política

URGENTE: Ministro que proibiu propaganda de MORO já foi alvo da LAVAJATO!

O ex senador pelo PMDB, Vital do Rego e hoje ministro do TCU indicado pela ex presidente Dilma Rousseff, foi alvo da Operação LAVA JATO em 2016, acusado de receber 3 milhões em propina.
(Foto: Rafael Brunetti)

O ex senador pelo PMDB Vital do Rego e hoje ministro do TCU indicado pela ex presidente Dilma Rousseff, foi alvo da Operação LAVA JATO, acusado de receber 3 milhões em propina para impedir a convocação de empreiteiros na CPMI da Petrobras em 2014 da qual era o presidente.

Vital do Rego, foi delatado pelo ex senador Delcídio do Amaral, Leo Pinheiro e outros executivos da OAS.

Raquel Dodge, Procuradora Geral da República na época, remeteu o seguinte ofício ao STF:

“Registre-se que o repasse de valores espúrios a Vital do Rêgo, travestido de doação eleitoral oficial, foi usado para camuflar a real intenção das partes, tratando-se de nítido negócio simulado para encobrir a formalidade de transferência de recurso, que não era outro senão adimplir a vantagem indevida e viabilizar a blindagem da convocação dos executivos à CPI da Petrobras. Com efeito, a doação oficial em tais casos pode configurar mecanismo de dissimulação para a o repasse de dinheiro ilícito, fruto de corrupção, o que caracteriza o delito de lavagem de capitais. A Justiça Eleitoral foi apenas o instrumento utilizado para o fim de dissimular a origem espúria e criminosa.”

Vital do Rego, óbiviamente nega tudo.