Brasil

REI DO BITCON: Claudio de Oliveira na mira da polícia do Paraná

Polícia Militar do Paraná cumpre mandado de busca e apreensão na sede do Banco Bitcon
(Foto: reprodução)

A Polícia Militar  do Estado do Paraná cumpriu um mandado de busca e apreensão  na sede do Grupo Bitcoin Banco (GBB). A apreensão faz parte do processo 0018020-54.2019.8.16.0001 no qual o Poder Judiciário do Paraná, determinou a ação policial. A sede do Bitcoin Banco fica no Centro de Curitiba.

O processo foi aberto por dois clientes do GBB, Jaqueline Bresolin e Michele Borghetti Furlan, que estipularam o valor da causa em R$ 1.445.388,01.No total mais de 10 políciais e 4 viaturas partiparam da ação.

 

CLAUDIO DE OLIVEIRA E OS FAMOSOS 

 

Após se auto proclamar o "rei do Bitcon" Claudio Oliveira tem seus bens bloqueados em Curitiba. Com centenas de processos no Ministério Publico, Claudio não liquidou as dividas com seus clientes. Alguns clientes se reuniram a frente a sede do banco em Curitiba em forma de protesto. Oliveira é dono do Grupo Bitcon Banco que é a maior corretora de criptomoedas do Brasil e a segunda do Mundo, com valor de mercado em criptomoedas estimados em R$ 3 Bilhões de reais. Sempre nos holofotes da midia social, Claudio atraiu varios famosos para perto, inclusive o apresentador Ratinho, que ja se manisfestou  "Tenho um filho, o Gabriel, que já investe em bitcoin e sempre tive interesse de saber mais", disse o apresentador do SBT.