Economia

Presidente das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB),desmente FAKENEWS

Presidente da entidade desmente suspensão de compras de couro do Brasil
(Foto: reprodução)

José Fernando Bello, presidente-executivo do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), negou que empresas importadoras de couro do Brasil vão suspender compras do produto.

O posicionamento difere de carta assinada pelo próprio dirigente que circulou na manhã desta quarta-feira (28).

Em conversa com o Broadcast Agro, Bello disse que o anúncio da suspensão se tratou de um “erro de pré-avaliação” da entidade:

“A carta foi divulgada (pelo próprio CICB) antes da checagem com a empresa importadora. Esse importador estaria supostamente suspendendo as compras. Foi um equívoco nosso. Vamos corrigir a informação junto ao governo federal.”

O presidente do CICB disse também que não há intenção de os importadores boicotarem ou restringirem compras do produto brasileiro.

“Recebemos este relato de uma indústria brasileira e, quando esclarecemos o fato com o cliente internacional, obtivemos a informação de que não haverá cancelamentos”, acrescentou o presidente do CICB, segundo o portal Terra.