Educação

Brasília: Professor do Ensino Fundamental leciona conteúdo sexual a alunos de 10 anos

A denúncia partiu dos próprios alunos e corre pelas redes sociais.

O professor de português do Centro de Ensino Fundamental 104, localizado no Asa Norte, na capital Federal, constrangeu alunos em sala de aula ao introduzir no conteúdo de ensino aprendizado sexual, e impróprio para a idade, que expressam o sexo com palavras de baixo calão como: 69, sexo oral, masturbação (siririca, punheta, bater uma, tocar uma), sexo anal, “dar o cu”, fio terra.

O “educador” ainda definiu como “informal” e “formal”.