Política

Após o anuncio de Augusto Aras para PGR, população quer veto a indicação de Bolsonaro

 Nesta quinta (05) foi anunciado como prometido o novo nome que ira presidir a PGR , trata-se de  Augusto Aras indicação feita pelo  Presidente Jair M. Bolsonaro logo em seguida  a população em rede social pediu o veto do nome de Aras no cargo. Mensagens de repudios e de indignação foram escritas na rede social do presidente. 

 

Indicado é baiano, tem 60 anos, e não integra a lista tríplice eleita pelos membros da Associação Nacional dos Procuradores da República. Aprovação do nome depende de votação no Senado.
 

QUAL A FUNÇÃO DE AUGUSTO ARAS NA PGR 
 

Cabe ao procurador-geral da República chefiar o Ministério Público da União por dois anos. O MPU abrange os ministérios públicos Federal, do Trabalho, Militar, do Distrito Federal e Territórios.

O procurador-geral tem a função de representar o Ministério Público no Supremo Tribunal Federal (STF) e, às vezes, no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Também desempenha a função de procurador-geral eleitoral.

No STF, o procurador-geral tem, entre outras prerrogativas, a função de propor ações diretas de inconstitucionalidade (ADI) e ações penais públicas.

Cabe ao procurador-geral, também, pedir abertura de inquéritos para investigar presidente da República, ministros, deputados e senadores. Ele também tem a prerrogativa de apresentar denúncias nesses casos.

O procurador-geral ode ainda criar forças-tarefa para investigações especiais, como é o caso do grupo que atua na Operação Lava Jato. Também pode encerrá-las ou ampliá-las.

Não é, contudo, chefe no sentido clássico. Existe a independência funcional dos membros, não sendo possível fazer um controle hierárquico no âmbito do Ministério Público.